Lendo histórias daquelas que leem destinos: imaginário e trajetória de Mulheres Cartomantes na Literatura Brasileira

Autores

  • Dayane Ferreira dayferrie@gmail.com
    UEPA
  • Taissa Tavernard de Luca taissaluca@gmail.com
    UEPA/UFPA

Resumo

Este artigo visa analisar a presença de mulheres cartomantes na literatura brasileira, refletindo tal aparecimento em obras literárias em relação à trajetória da cartomancia em períodos da história brasileira. Para tanto, elegeu-se as obras de Machado de Assis, 1888; Lima Barreto, 1910; e Clarice Lispector, 1977. O objetivo é a observância de tais narrativas, enquanto propagação de imaginários que circundam as cartomantes e a prática da cartomancia ainda nos dias atuais. Além disso, propõe-se a discussão de estigmas sociais de gênero, religiosidades, valores e simbolismos, contextualizando a partir do estudo, a representação da mulher cartomante mitificada na sociedade. 

 

Palavras-chave: Cartomantes; Literatura; Imaginário

Biografia do Autor

Dayane Ferreira, UEPA

Graduada na Licenciatura em Ciências da Religião pela Universidade do Estado do Pará (UEPA). Mestranda em Antropologia no Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA) na Universidade Federal do Pará (UFPA). Integrante do Grupo de Pesquisa Religiões, Espiritualidades e Culturas Contemporâneas (REC). Possui pesquisas nos Grupos de Pesquisa Arte, Religião e Memória (ARTEMI) e Grupo de Estudo Religiões de Matriz Africana na Amazônia (GERMAA)

Desenvolve estudos e pesquisas nas áreas de Ciências da Religião, Antropologia da Religião, em especial nos temas de Religiosidade Popular, Práticas Mágico-Religiosas e Imaginário. Autora do livro de poemas Desaguamentos de Cunhã/Editora Escaleras (2018)

Email: dayferrie@gmail.com

Taissa Tavernard de Luca, UEPA/UFPA

Taissa Tavernard de Luca, possui graduação em História pela Universidade Federal do Pará (2000), mestrado em Antropologia pela Universidade Federal de Pernambuco (2003) e doutorado em Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará (2010). É Professora efetiva, AD 4 da Universidade do Estado do Pará, onde atua nos cursos de Licenciatura em Ciências Sociais, Ciências da Religião, História e Filosofia. É bolsista - Plano Nacional de Formação Docente e do Programa Forma-Pará. Ocupa a Cadeira de número 2 do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, onde atua na comissão de admissão de novos sócios. É sócia benemérita da Federação Espírita e Umbandista dos Cultos Afro Brasileiros do Estado do Pa. Atualmente exerce a função de coordenadora do curso de licenciatura em filosofia da Universidade do Estado do Pará, tem experiência na área de Antropologia e educação, com ênfase em Religião Afro Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: religião afro-brasileira, antropologia, ciências da religião, memória e intolerância religiosa. Também é professora do Programa de Pós - Graduação em Sociologia e Antropologia da UFPA e do Programa de Pós - Graduação em Educação da UEPA. Linha de Pesquisa 1. E-mail: taissaluca@gmail.com

Downloads

Publicado

23/01/2024
Métricas
  • Visualizações do Artigo 34
  • PDF downloads: 17