Comunicação Móvel: o olhar europeu e a circulação de cartões-postais no Brasil

Autores

Resumo

 A proposta do artigo parte da minha pesquisa de doutorado intitulada O postal em seus movimentos: comunicação e memória sob orientação da professora Jerusa Pires Ferreira. Trata-se do ambiente cultural e visual que antecede a vinda dos cartões-postais europeus ao Brasil, bem como a sua circulação massiva no inicio do século XX. Um tipo especial de memória em nossa cultura (pública e privada, um arquivo vivo e circulante) que remete à memória impressa e ao tempo industrial, à sua relação com a cidade, às suas representações e repertórios. Registro de uma dada época, de planos sociais, construção de ideologias e formação de imaginários. O cartão-postal em sua comunicação massiva e popular encontra-se com Jerusa e seu interesse pelas culturas das bordas.

Biografia do Autor

Caroline Paschoal Sotilo, Sem vínculo

Possui Mestrado e doutorado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, em que desenvolveu pesquisas sobre fotografia e memória das populações ribeirinhas no interior do Estado. Integra o Grupo de Pesquisa MNEMON, Memória, Comunicação e Consumo (CNPQ/ESPM). Atua na área de Comunicação e Estudos da Cultura, pesquisando principalmente as interações entre fotografia, oralidade, cultura e memória.

Downloads

Publicado

03/02/2023
Métricas
  • Visualizações do Artigo 49
  • PDF downloads: 60