A identidade cultural dos jovens da Casa Familiar Rural Padre Sergio Tonetto do território quilombola de Jambuaçu – Moju/PA

Autores

  • Rosiellem Almeida Universidade do Estado do Pará
  • Ana Cristina Silva Batista
  • Tony Tavares de Oliveira

Resumo

Este artigo tem como objetivo investigar a identidade cultural dos jovens que estudam na Casa Familiar Rural Padre Sérgio Tonetto na comunidade quilombola de Jambuaçu em Moju/PA. Para isso foram utilizados os parâmetros da Análise do Discurso de linha francesa bem como buscou-se fundamento nos escritos de Hall (2005), Orlandi (2009), Bauman (2005), Pêcheux (2006), Brandão (2004), entre outros, o que possibilitou concluir que os jovens definem sua identidade cultural como sendo quilombola, mesmo não conhecendo o que significa este termo e que a Casa Familiar Rural funciona como a principal mantenedora da identidade dos jovens que nela estudam, assumindo até o papel de aparelho ideológico já que é por causa desta instituição que muitos alunos reconhecem sua identidade cultural.

Biografia do Autor

Rosiellem Almeida, Universidade do Estado do Pará

Mestre em Educação pela UEPA

Downloads

Publicado

25/09/2021