Era a Matinta? Aproximações entre uma personagem do teatro de rua e a mitopoética amazônica

Autores

  • Roseany Karimme Silva Fonseca Programa de Pós-Graduação em Artes - PPGARTES/UFPa

Resumo

Este trabalho propõe um paralelo entre a personagem Era, do espetáculo Rosa dos Ventos, encenado pelo grupo de teatro de rua Perifeéricos e a figura mitopoética da Matinta, comum nas narrativas da Região Amazônica. Buscam-se aproximações entre as formas estéticas e poéticas de ambas as personagens, considerando tanto o imaginário mítico amazônico quanto as propostas de indução e intervenção cênica durante as apresentações realizadas na cidade de Belém/PA.

Downloads

Publicado

20/05/2021