O CAMPO RELIGIOSO AMAPAENSE: Uma análise a partir do Censo do IBGE de 2000 e 2010

Autores

  • Marcos Vinicius de Freitas Reis Professor do Curso de Graduação em Relações Internacionais da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP). Doutorando em Sociologia na Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Membro do Núcleo de Estudos de Religião, Economia e Política (NEREP-UFSCAR/CNPq). Pesquisador do Observatório em Direitos Humanos da Amazônia (OBADH-UNIFAP/CNPq) e Líder do Centro de Estudos Políticos, Religião e Sociedade (CEPRES-UNIFAP/CNPq).
  • Arielson Texeira Carmo Graduando em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Amapá. Membro do Centro de Estudos Políticos, Religião e Sociedade (CEPRES-UNIFAP/CNPq). Bolsista do Programa de Iniciação Cientifica - PROBIC

Palavras-chave:

Panorama Religioso Amapaense, Grupos Religiosos, Censo do IBGE.

Resumo

O processo secularizante do Estado deu maior liberdade para que o indivíduo professe sua fé e para que outros grupos pudessem surgir e se organizar. Nesse sentido o objeto de estudo deste artigo é apresentar uma visão panorâmica do campo religioso do Estado Amapá, localizado na região Norte do país. Considerado um dos Estados mais novos do Brasil e com uma população estimada 766 679 habitantes em 2015, segundos dados do IBGE, foi realizado um levantamento dos dados que correspondem ao anos 2010 para traçar o panorama religioso do referido Estado. Analisaremos em números de adeptos e percentagens a declaração religiosa dos habitantes, bem como a vinculação institucional, assim identificaremos quais os grupos religiosos que se destacam no campo religioso Amapaense. A metodologia adotada será analises dos dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística, que entendemos este como instrumento de conhecimento e revisão bibliográfica para a compreensão de termos utilizados pela Sociologia da Religião.

Downloads