A integração da política de saúde escolar na Educação Profissional e Tecnológica brasileira (2018-2021): uma análise crítica

The integration of school health policy in brazilian Vocational and Technological Education (2018-2021): a critical analysis

Autores

DOI:

10.31792/rc.v20i38.7530

Resumo

Resumo

Este artigo realiza análise abrangente da discussão sobre a política de saúde escolar no contexto brasileiro, de 2018 a 2021, sob a perspectiva de pesquisadores da Educação Profissional e Tecnológica. O estudo utiliza abordagem qualitativa e exploratória e oferece uma revisão do estado da arte sobre o tema. Os resultados revelam que a saúde escolar tem recebido atenção limitada na pesquisa acadêmica, particularmente na Educação Profissional e Tecnológica. Isso ressalta a necessidade premente de pesquisas adicionais. Conclui-se que a incorporação efetiva da saúde nos processos educacionais desempenha papel central na formação integral dos estudantes e na promoção de ambientes escolares mais saudáveis. Este estudo destaca a importância de ampliar a pesquisa e o diálogo na área, a fim de aprimorar as políticas de saúde escolar e seu impacto na Educação Profissional e Tecnológica no Brasil.

Palavras-chave: Educação Profissional e Tecnológica; Saúde Escolar; Institutos Federais.

 

Abstract

This article carries out a comprehensive analysis of the discussion on school health policy in the Brazilian context, from 2018 to 2021, from the perspective of Vocational and Technological Education researchers. The study uses a qualitative and exploratory approach and offers a review of the state of the art on the subject. The results reveal that school health has received limited attention in academic research, particularly in Vocational and Technological Education. For this reason, further research is urgently needed. The conclusion is that the effective incorporation of health into educational processes plays a central role in the integral formation of students and the promotion of healthy school environments. This study highlights the importance of expanding research and dialog in the area in order to improve school health policies and their impact on Vocational and Technological Education in Brazil.

Keywords: Vocational and Technological Education; School Health; Federal Institutes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suzaneide da Conceição Silva Andrade, Instituto Federal de Segipe (IFS)

Mestranda do PROFEPT 2021, Formação em odontologia, Especialização em Recursos Humanos. E-mail: suzaneide.andrade@gmail.com. Orcid-0000-0003-4432-056X

José Osman, Instituto Federal de Sergipe- IFS

Graduado em Licenciatura Em Física pela Universidade Federal de Sergipe (1998), mestrado em Física pela Universidade Federal de Sergipe (2001) e doutorado em Tecnologia Nuclear pela Universidade de São Paulo (2007). E-mail: osman.santos@ifs.edu.br. Orcid-000-0003-0699-837X.

Referências

COMENIUS, João Amós. Didática magna. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001. Ebook. Disponível em: http://www.ebooksbrasil.org/adobeebook/didaticamagna.pdf. Acesso em: 2 fev. 2023.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1991.

GRAMSCI, Antônio. Caderno 12. In: COUTINHO, Carlos Nelson (ed. e trad.). Cadernos do Cárcere. 4. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004. v. 2. (Os intelectuais. O princípio educativo. Jornalismo).

MIDORIKAWA, Suzan Keiko. Saúde vocal dos servidores docentes da educação profissional e tecnológica: condições de voz dos professores no âmbito do IFPR – Campus Curitiba. 2020. 131 f. Dissertação (Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica) – Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná, 2020.

OLIVEIRA, Danieli Moureira. Trabalho, Educação e Saúde: Uma Prática Educativa Integradora Para a Educação Postural No Ensino Médio Integrado. 2021.152 f. Dissertação (Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica) – Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe. 2021.

ROMANOWSKI, Joana Paulin; ENS, Romilda Teodora. As pesquisas denominadas do tipo “Estado da arte”. Revista Diálogo Educacional, v. 6, n. 19, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Paraná, p. 37-50, 2006.

SILVA, Edna Lúcia da; MENEZES, Estera Muszkat. Metodologia da Pesquisa e Elaboração de Dissertação. 4. ed. rev. atual. Florianópolis: UFSC, 2005.

SILVA, Carlos dos Santos. Saúde na escola: intersetorialidade e promoção da saúde. 23. ed. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2019.

SIMAS, Izaldina Queiroz. Saúde escolar para formação integral, permanência e êxito na educação profissional e tecnológica – um estudo de caso no IFS-Campus Lagarto.2021. 130 f. Dissertação (Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica) – Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe. 2021.

SOUZA, Fernanda Lavarda Ramos de. Estratégias de práticas de educação em saúde para a formação integral de discentes dos cursos técnicos integrados do Instituto Federal Farroupilha – Campus Jaguari. 2020. 89 f. Dissertação (Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica), Programa de Pós-graduação em Educação Profissional e Tecnológica, Instituto Federal Farroupilha, Jaguari, 2020.

SOBRAL, Karine Martins et al. Gramsci e o trabalho como princípio educativo: escola unitária e a construção da nova sociedade. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n. 70, p. 178-196, dez. 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8644327. Acesso em: 31 jan. 2023.

Downloads

Publicado

29/05/2024
Métricas
  • Visualizações do Artigo 67
  • pdf downloads: 24

Como Citar

SILVA ANDRADE, S. da C.; SANTOS, J. O. A integração da política de saúde escolar na Educação Profissional e Tecnológica brasileira (2018-2021): uma análise crítica: The integration of school health policy in brazilian Vocational and Technological Education (2018-2021): a critical analysis . Revista Cocar, [S. l.], v. 20, n. 38, 2024. DOI: 10.31792/rc.v20i38.7530. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/7530. Acesso em: 13 jul. 2024.